transexual posts tagueados

Em defesa da Parada do Orgulho LGBT. Sim, ela ainda tem razão de ser!

paradasp2016

Excetuando a primeira (pois não estava no Brasil), fui em todas as Paradas do Orgulho LGBT de São Paulo. São 19 no meu currículo de militante. Em algumas edições participei mais ativamente, seja como DJ, ou mesmo atuando na produção do evento e em outras como mero e feliz participante. No domingo agora, 29 de maio, estarei como coordenador do Trio da Visibilidade Gay e Bissexual. Vendo a alegria, o orgulho de centenas de milhares de pessoas, ou mesmo a emoção do meu namorado que foi em sua primeira parada no ano passado, é inegável dizer que as paradas nem de longe esgotaram sua razão de ser e de se justificarem.

Ao críticos lembro que as grandes paradas em quase todo o mundo são eventos divertidos, coloridos, meio carnavalescos, em que os LGBTs protestam a sua maneira própria...

Leia MaisSem comentários

Life of Agony: veja banda após mudança de sexo do vocalista

mina_caputo

Mina Caputo será a primeira mulher transexual a frente um proeminente banda de heavy metal. Isso mesmo! Keith Caputo agora é uma mulher, e o LIFE OF AGONY fez shows com ela na Alemanha.

E agora que tudo já foi revelado, imagens amadoras da banda tocando com Caputo exibindo orgulhosamente sua nova identidade apareceram. Enquanto para muitos é estranho ouvir “River Runs Red” na voz de alguém de vestido, Keith Caputo, agora Mina Caputo ainda tem uma voz tão poderosa quanto sempre teve.

E pela reação dos fãs no vídeo, parece que não há negatividade alguma. O meio do Metal pode ser considerado machista e homofóbico, mas parece ter aceitado a transexualidade de Caputo na boa. Confiram:

Aqui um vídeo solo, em que Mina Caputo, canta seu single Identity, num clipe bem insinuante:...

Leia Mais1 comentário

Conselho municipal LGBT de São Paulo faz história elegendo uma travesti presidente

conselhocapa

O Conselho Municipal de atenção à diversidade sexual (LGBT) de São Paulo, criado em 2005, fez história e elegeu pela primeira vez uma travesti, Janaina Lima, para presidente. O mandato do conselho é de dois anos, com representação paritária (sociedade civil e governo), sendo que no primeiro ano (2013) a presidência coube ao governo (o ex-coordenador LGBT Julian Rodrigues) e agora cabe à sociedade civil (2014). O conselho paulistano elege seus representantes da sociedade civil de forma direta (voto público) e dividido igualmente entre representantes gays, lésbicas, bissexuais, travestis, transgêneros e transexuais.

Na reunião ocorrida ontem, 27 de fevereiro, o conselho elegeu Janaina de forma unâmime...

Leia MaisSem comentários

Semana da visibilidade trans de SP tem início na próxima segunda

evento_

A Semana da Visibilidade de Travestis e Transexuais de São Paulo, evento que tem como objetivo conscientizar a população sobre os direitos do segmento TT por meio de mesas de discussão e espetáculos artísticos, como peças teatrais, exibição de filmes e shows, tem início na próxima segunda-feira, dia 27 de janeiro. Denominado II SP TransVisão, a edição deste ano aborda temas como a tolerância e a diversidade por meio da cultura e o universo trans, e é realizada no espaço da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, localizado na Praça Roosevelt, região central da cidade.

Programação

Na segunda-feira, dia 27 de janeiro, na noite de abertura da Semana da Visibilidade Trans na capital, é realizado o lançamento do livro “Envelhecimento trans”, d...

Leia MaisSem comentários

Ato contra discriminação trans é realizado no Shopping Center 3 neste sábado

1524849_233306206841548_1701494265_n

O ato “Me deixem fazer xixi em paz! Porque sou mulher trans e uso o banheiro feminino”, protesto que visa fazer um alerta contra a discriminação sofrida por transexuais em ambientes públicos, vai ser realizado no próximo sábado, dia 11 de dezembro, na praça de alimentação do Shopping Center 3, na Avenida Paulista, a partir das 13h. A manifestação foi marcada no local após quatro transexuais terem sido impedidas de usar o banheiro feminino do shopping no último dia 4 de janeiro.

Segundo Aline Freitas, umas das transexuais que organizam o evento, ela e as amigas foram constrangidas por seguranças do shopping enquanto usavam o banheiro...

Leia Mais1 comentário

HQ sobre transexual é lançada no Museu da Diversidade de São Paulo

imagem2586216175

A história em quadrinhos “Malu: Memórias de uma Trans”, que apresenta por meio de cartoons e fotografias em preto e branco reflexões sobre identidade de gênero, liberdade, plenitude e amor, chega ao Museu da Diversidade de São Paulo no próximo dia 18 de janeiro. O lançamento do projeto, que tem o apoio do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria de Estado da Cultura, vai contar com tarde de autógrafos do autor e tem entrada gratuita.

Criada a partir de depoimentos reais de pessoas LGBTs, a série de desenho foi uma das indicadas ao Prêmio HQMIX 2013. Em entrevista ao site Mix Brasil, o arquiteto urbanista e artista visual, Cordeiro de Sá, idealizador da HQ, contou como e quando surgiu a ideia para desenvolver o projeto...

Leia Mais1 comentário

Três anos sem Cláudia Wonder

Wonder

Por Xerxes Xrxs

Em 2010 quando comecei a escrever as estrofes do meu projeto autoral estava pê da vida com o que vinha assistindo quase que diariamente nos telejornais sobre casos de violência decorrentes de homofobia. Ali nascia “Lixo Homofóbico”. Simultaneamente no mesmo período comecei a ter contato com Claudia Wonder e na minha ignorância não sabia do legado que aquela pessoa tinha, Não tive dúvida, convidei para dividir os vocais da faixa comigo que ao saber do que eu tinha em mente para o vídeo topou na hora. Embora quisesse ainda ver um show autoral meu. Algo que nunca aconteceu.

Durante nossas conversas Claudia se mostrou interessada no que eu tinha a dizer como artista e nosso primeiro encontro ocorreu no Mini Club em agosto de 2010...

Leia MaisSem comentários

Dia da visibilidade de Travesti e Transexuais

por Andre Pomba

Hoje, 29 de janeiro hoje é dia da visibilidade de travestis e transexuais. El@s são o segmento mais vulnerável da população LGBT e minha luta como ativista, sempre terá como foco as pessoas que estão em condição de vulnerabilidade. Por isso, fico muito triste ao ver o quanto muitos gays e lésbicas as discriminam. Hoje tive um dia muito tenso, gostaria de ter escrito um texto bem legal bem legal homenageando-as, mas fica aqui minha declaração de amor e respeito a tod@s travestis e transexuais. Deixo aqui porém a dica da programação bem legal que a SP Escola de Teatro e o Governo do Estado de São Paulo estão promovendo até o dia 1/2. Prestigiem!
http://www.gaybrasil.com.br/2013/01/26/sp-escola-de-teatro-sedia-debate-sobre-diversidade-sexual/

Leia MaisSem comentários