Arquivo diário 28 de maio de 2016

Em defesa da Parada do Orgulho LGBT. Sim, ela ainda tem razão de ser!

paradasp2016

Excetuando a primeira (pois não estava no Brasil), fui em todas as Paradas do Orgulho LGBT de São Paulo. São 19 no meu currículo de militante. Em algumas edições participei mais ativamente, seja como DJ, ou mesmo atuando na produção do evento e em outras como mero e feliz participante. No domingo agora, 29 de maio, estarei como coordenador do Trio da Visibilidade Gay e Bissexual. Vendo a alegria, o orgulho de centenas de milhares de pessoas, ou mesmo a emoção do meu namorado que foi em sua primeira parada no ano passado, é inegável dizer que as paradas nem de longe esgotaram sua razão de ser e de se justificarem.

Ao críticos lembro que as grandes paradas em quase todo o mundo são eventos divertidos, coloridos, meio carnavalescos, em que os LGBTs protestam a sua maneira própria...

Leia MaisSem comentários